Intérpretes

Entrevista
Bibliografia
Discografia
Áudio
Imagens
Vídeos
Multimédia
Programa Rádio
Programa Televisão
Outros
Dados de compositor
Pedro Pinto Figueiredo nasceu em Lisboa. Depois de terminar o Curso Geral de Composição da Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa, concluiu o bacharelato em Composição na Escola Superior de Música de Lisboa. Estudou com o professor e compositor Christopher Bochmann, com o compositor Emanuel Nunes com quem trabalhou em Paris, tendo sido bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkiaen para estudar nesta cidade onde realizou ainda, paralelamente diversos cursos no IRCAM . Da sua produção musical, salientam-se obras como «Germinal» para octeto de sopros e piano, «Wake» para clarinete, «Myshi» para flauta solo e «Scindite» para clarinete baixo, contralto e orquestra de cordas. Tem tido como prioridade na sua pesquisa musical a utilização das novas tecnologias, principalmente no âmbito do tratamento do som em tempo real e da sua espacialização. Estreou em 2002 a obra «Ser» para orquestra de cordas no Festival de Musica Contemporânea de Dunkerk, com a Orquestra Lírica de Paris. Foi membro da Direcção Pedagógica da Escola de Música do Orfeão de Leiria onde lecciona actualmente as classes de Análise e Técnicas de Composição, Música de Câmara e dirige o Coro de Câmara da Escola. É ainda Docente na Escola de Música de Linda-a-Velha onde lecciona as disciplinas de composição, Acústica, e dirige um Atelier de Música Contemporânea. Em 1997 iniciou os estudos de Direcção de Orquestra no Conservatório de Dijon na classe do Maestro Jean Sebastian Béreau, tendo conquistado, em 2002, a medalha de ouro do concurso de finalistas do respectivo conservatório. Em 2003 estreia-se em Portugal com a Orquestra Filarmonia das Beiras Em 2002 iniciou os projectos Orquestra A2M – Arquivo da Memória Musical e em 2003 o grupo de música contemporânea Ensemble 20/21.