Compositores

Foto
Obras
Entrevista
Bibliografia
Partituras
Discografia
Áudio
Imagens
Vídeos
Multimédia
Programa Rádio
Programa Televisão
Outros
Dados de intérprete
Patrícia Sucena de Almeida desenvolve a sua actividade artística em duas vertentes, nomeadamente a Composição e a Fotografia. Referente à primeira vertente, concluiu a licenciatura em Ensino de Música na Universidade de Aveiro em 1997, tendo estudado música electrónica e composição com João Pedro Oliveira e piano com Miguel Henriques. Em 1998, concluiu o mestrado em Composição na Universidade de Edimburgo e cumpriu o programa de doutoramento na City University de Londres , prosseguindo na Universidade de Southampton, com a supervisão de Michael Finnissy, com término em 2004. Continua a sua investigação como bolseira da FCT, na Universidade de Aveiro, num projecto de Pós-Doutoramento, relacionado com novos conceitos de interacção entre as diversas artes e a linguagem musical tal como a sua aplicação em modelos composicionais multidisciplinares. O seu portefólio de composição inclui: Sexteto (executada no II Festival de Música de Aveiro); Memorial do Vácuo (peça electroacústica, executada na Música Viva 2000, Lisboa); Solitudo (executada na International Gaudeamus Music Week 2001, Amesterdão); Argumentum (executada no Porto 2001 Capital Europeia da Cultura); Transfiguratio (analisada no workshop do Cours du Centre Acanthes 2002 la Chartreuse de Villeneuve-les-Avignon); Monstrum Horrendum (versão para orquestra, executada no II Workshop Gulbenkian para Jovens Compositores Portugueses,2004); Silens Clamor (encomendada pelo Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Lyon, para a Académie de Chambre Contemporaine Jeunesse Moderne 2004, executada em Chambéry; no Festival Música 2007, Estrasburgo, e no CCB , Lisboa,2008); Mens Sana in Corpore Sano (versão para orquestra, executada no III Workshop Gulbenkian para Jovens Compositores Portugueses, 2005); Fatum Hominis (seleccionada para os ISCM World Music Days 2005, Zagreb, executada pelo pianista Filip Fak e também pelo pianista Ian Pace, em Oslo, integrada nos concertos da Ny Musikk 2005 - Norwegian Section of the ISCM e no York Late Festival, 2006); Dulce Delirium (executada no workshop do Centre Acanthes 2005, Metz; no Festival Atlantic Waves 2006, Londres; nos concertos Momentum 2007, Aveiro, e no CCB, Lisboa); Fati Necessitas (encomendada pelo Grupo de Música Comtemporânea de Lisboa e executada em Matosinhos, 2005, e na Semana Cultural da Universidade de Coimbra, 2006); Res Adversae (encomendada pela Fundação Calouste Gulbenkian); Aranea (encomendada e executada no Festival Música Viva 2006, Lisboa); Nocturna Itinera (composta para o Arditti Quartet e executada no II Blonay Workshop for Contemporary Quartet Music, 2008, e no 44th International Summer Courses for New Music, Darmstadt, 2008); In Occulto (executada no Concerto Momentum, Aveiro, 2009; no New Music Festival, em Leuven, 2010, e em Concert Series, na City University, Londres, 2010); Sublime Volans (executada no Instituto Franco-Português, Lisboa, 2010; no Instituto Alemão, Lisboa, 2011; e na Capital Europeia da Cultura, Guimarães, 2012). Participou nas academias de verão no IRCAM, de Darmstadt em 2000 e 2007, do Centre Acanthes 2002 e 2003 , de Metz em 2004 e 2005 e em Lisboa nos I, II, III e IV Workshops da Gulbenkian para jovens compositores portugueses para além de outros workshops e seminários . Orientou oficinas de música-composição ( no TAGV, Coimbra, março 2012) e prossegue com outras actividades docentes. Referente à segunda vertente, realizou exposições de fotografia individuais e colectivas em Portugal, Espanha e Alemanha e participa como fotógrafa na RUA DE BAIXO / RDB™ Revista Online sobre Cultura & Lifestyle / Arte, Cinema, Música, Teatro, Moda etc. Há que salientar: Vagos, Exposição Individual, CER, In aliam figuram, (fotografia e texto), 14 Junho 2008. Ílhavo, Exposição Individual, Ipsis Bar, Id Temporis, Novembro 2008. Tomar, Exposição Colectiva, Convento de Cristo (Templários / Ordem de Cristo), De Corpo e Alma (fotografia e texto), Novembro 2008. Porto Santo, Bienal do Porto Santo, De Corpo e Alma. Coimbra: Exposição Individual , A Capella, 2006. Exposição Individual , Claustro Bar, 2006. Exposição Colectiva , Instituto da Juventude, Cum lacrimis, In cculto esse, Re iam desperata, Sensus reconditus, SOS Estudante, XI Semana Cultural da Universidade de Coimbra, 27 de Fevereiro a 13 de Março. Exposição Colectiva, Salão Brasil, SOS Estudante, XI Semana Cultural da Universidade de Coimbra, 27 Fevereiro a 13 de Março. Exposições Individuais, Mercado do Quebra Costas, Coimbra, 2010. Exposição Individual, Vit'Arte, Dolce Vita, “Fantasmas de mim mesmo”(a)” e da minha alma” (Antero de Quental), 20 de junho-10 de julho 2011. Porto, Exposição Individual, Oporto Decay, Casa Viva, Personatus Homo, 26 abril 2009. Olot, Espanha, Projecção de Imagens, La Taverna de Dalt, 25 fevereiro 2011 Berlim, Alemanha, Projecção de Imagens, Brave Exhibitions, gens humana (human), nihil sine anima vivit, 21 outubro 2010. Entre 2007-2013, Patrícia Sucena de Almeida desenvolve um projecto de investigação (pós-doutoramento) na Universidade de Aveiro, cujo tema aborda a interacção disciplinar.

LINKS EXTERNOS
Página oficial de Patrícia Sucena de Almeida