Compositores

Foto
Obras
Entrevista
Bibliografia
Partituras
Discografia
Áudio
Imagens
Vídeos
Multimédia
Programa Rádio
Programa Televisão
Outros
Dados de intérprete
Daniel Martinho nasceu a 13 de Dezembro de 1985 em Vila Nova de Gaia.

Após ter frequentado a Academia de Música de Espinho (curso de Guitarra Clássica na classe de Ricardo Abreu), ingressou em 2006 na ESMAE (Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo), onde concluiu o curso de Composição. Aqui teve oportunidade de trabalhar com professores como Carlos Guedes, Dimitris Andrikopoulos, Eugénio Amorim e Fernando Lapa. Ainda na ESMAE frequentou seminários e aulas particulares com Klaas de Vries, Magnus Lindberg, Jonathan Harvey, Helmut Lachenmann, Vic Hoyland, Ricardo Climent, entre outros. Posteriormente, integrou o mestrado em Composição e Teoria Musical na mesma instituição.

Em 2007, a obra para ensemble “Cosmos” foi selecionada para uma leitura pelo Remix Ensemble Casa da Música (sob a direção de Rolf Gupta), o mesmo acontecendo em 2009 com a obra para ensemble “Concerto para Contrabaixo” (sob a direção de Peter Rundel). Ambos os eventos tiveram lugar na Casa da Música (Porto).

Participou como convidado no Labo#8 (workshop de composição) na Bélgica em 2009, sob orientação de Jean-Luc Fafchamps e Jean-Marc Sullon.

Foi nomeado Jovem Compositor Residente da Casa da Música em 2010, tendo sido estreadas três obras: “Antologia do Tempo 1. Génese” pelo Quarteto de Cordas de Matosinhos, na Casa da Música; “Antologia do Tempo 2. Ritual - fluxo contínuo “ pelo Remix Ensemble Casa da Música (no concerto que celebrou o 10º aniversário deste agrupamento, na Casa da Música e sob direção de Peter Rundel) e “Antologia do Tempo 3. Apogeu” pela Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música (no Cine-Teatro Constantino Nery, em Matosinhos e apresentada na Casa da Música, no Centro de Arte de Ovar e no Centro Cultural de Ílhavo, dirigida por Pedro Neves).

Teve obras encomendadas pelo ensemble MR SC & Wild Bones Gang para o 2º Festival de Metais Graves em Alcobaça, pela Banda Sinfónica Portuguesa (obra estreada na Casa da Música e executada em Shaoxing, China) para a 2ª Edição do Concurso Nacional de Composição, entre outras.

Membro do Júri do Prémio do Concurso de Composição Século XXI, promovido pela Escola Profissional de Música e Academia de Música de Viana do Castelo.

Membro do Júri da 2ª Edição do Concurso Nacional de Composição BSP (Banda Sinfónica Portuguesa).

É um dos membros fundadores do Ensemble Contemporâneo do Porto (ECP).

Paralelamente ao seu trabalho como compositor, exerce atividade docente na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo (lecciona as disciplinas de Teoria e Análise Musical e Introdução à Composição), Academia de Música de Viana do Castelo (Análise e Técnicas de Composição), Academia de Música de Costa Cabral (Teoria e Análise Musical), Conservatório de Música da Maia (Análise e Técnicas de Composição) e Escola Profissional de Música de Espinho (Introdução à Composição). É também professor de Guitarra Clássica. Desenvolve, ainda, música para teatro, bem como arranjos e orquestrações para diferentes formações instrumentais.