Compositores

Foto
Obras
Entrevista
Bibliografia
Partituras
Discografia
Áudio
Imagens
Vídeos
Multimédia
Programa Rádio
Programa Televisão
Outros
Dados de intérprete
Sofia Sousa Rocha nasceu em 1986, na cidade de Braga. Iniciou os seus estudos musicais aos sete anos, com aulas particulares de piano, ingressando aos onze anos no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. Completou o 8.º grau de Violino, com Manuel António Sá e durante o Ensino Secundário enveredou pela área de Composição, sob a orientação de Paulo Bastos.

Em 2004 ingressou no Curso de Composição na Escola Superior de Música de Lisboa (ESML). Estudou com vários compositores de destaque da música contemporânea portuguesa: Christopher Bochmann, Luís Tinoco, Carlos Caires, Carlos Marecos, entre outros. Em 2012, concluiu o Mestrado em Música na ESML, sob orientação de António Pinho Vargas.

Entre 2005 e 2008 integrou a organização dos Concertos Peças Frescas e do IV e V Festival de Música da ESML em 2006 e 2007 no S. Luiz Teatro Municipal.

Recebeu o 1.º prémio do Concurso de Composição da ESML/Museu Nacional de Arqueologia (2008) na categoria de orquestra. Teve obras encomendadas pela Antena 2/Prémio Jovens Músicos (2008), pelo Festival de Música de Alcobaça (2009), pelo Festival Música em Leiria (2013) e pelo Sond’Ar-te Electric Ensemble (2014).

Participou no II Atelier de Leitura da Orquestra do Algarve (2008), tendo sido posteriormente seleccionada para integrar a programação da Temporada 2008/09, no 7.º Workshop da Orquestra Gulbenkian para Jovens Compositores Portugueses (2009). Apresentou duas obras nos Concertos do Coro Ricercare e da Sinfonietta de Lisboa dedicados a Jovens Compositores Portugueses (2009 e 2010) e apresentou a ópera breve Inês morre, em Março de 2012 no Teatro Nacional de São Carlos, integrada no ciclo Amor-Traição-Morte, com direção de João Paulo Santos e encenação de Luís Miguel Cintra. Mais recentemente, participou no Atelier para Jovens Compositores da Orquestra Clássica do Sul, dirigido pelo maestro Cesário Costa e orientado pelo compositor António Pinho Vargas (2014). Após a realização do Atelier, a sua obra Flutuante foi escolhida para integrar a Temporada 2014/15. Participou no IV Fórum Internacional para Jovens Compositores do Sond’Ar-te Electric Ensemble (2016).

Desde 2013, lecciona as disciplinas de Composição e Análise e Técnicas de Composição no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga.

É, actualmente, jovem compositora associada do Teatro Nacional de São Carlos, onde estreou a obra A verdadeira hidrostória do Elefonte para narrador e orquestra (2018).