Author Diogo Queiroz de Andrade Vanda de Sá Maria Leonor Nunes Tereza Manzoni António Pinho Vargas N. N. Manuela Paraíso Jorge Flores Antonia Couling Fernando Assis Pacheco Anabela Mota Ribeiro António Macedo Sérgio Andrade J. C. Monteiro Costa Augusto M. Seabra J. A. Pimenta de França Cristina Fernandes Jorge Lima Alves Maria Amélia Carvalho Jorge Lima Barreto Sérgio Azevedo António Curvelo
Sobre Música
Order Table of Contents Pages
  Introdução e Agradecimentos  Work
  13  Erudito/Popular, Lopes-Graça/Amália  Work 13-27 
  29  Questões de Percepção  Work 29-53 
  55  O Compositor-Pedagogo  Work 55-60 
  63  Sobre a análise musical  Work 63-83 
  85  Cânones irregulares sobre o Cânone  Work 85-93 
  95  Apontamentos sobre o caso Adorno  Work 95-126 
  129  Recepções de Adorno. Os novos problemas.  Work 129-144 
  149  Geometral  Work 149-150 
  150  Mirrors  Work 150 
  150  Estudo/Figura  Work 150-151 
  151  Poetica dell'Estinzione secondo Mikhail Sergueievitch  Work 151-152 
  153  Explicit Drama  Work 153 
  153  Monodia, Quasi un Requiem  Work 153-154 
  155  Nocturno/Diurno  Work 155 
  155  CD Monodia  Work 155-156 
  156  Monodia  Work 156-158 
  159  9 Canções de António Ramos Rosa  Work 159-160 
  160  Édipo, Tragédia de Saber  Work 160-163 
  164  Três Versos de Caeiro  Work 164 
  164  Os Dias Levantados  Work 164-166 
  167  Acting Out  Work 167 
  167  A Impaciência de Mahler  Work 167-170 
  171  Versos  Work 171-173 
  171  Estudos e Interlúdios  Work 171 
  173  Holderlinos  Work 173-174 
  174  Duas Peças  Work 174-175 
  175  Quatro ou Cinco Movimentos Fugidios da Água  Work 175 
  175  Two Family Discussions  Work 175-176 
  176  Três Estudos para Dois Pianos  Work 176 
  182  O Jazz actual, a crítica e alguns mitos  Work 181-184 
  184  Con(di)vergências  Work 184-191 
  192  Um Concerto Instrutivo  Work 192-193 
  193  Glass works a lot  Work 193-194 
  194  Um festival em perigo?  Work 194-196 
  201  Não à "música de fusão"  Work 201-203 
  204  Côres, aromas e sabores de um jazz português  Work 204-206 
  206  Para mim só faz sentido "Jazz" de raíz portuguesa  Work 206-208 
  208  O privilégio de encontrar a própria música  Work 208-210 
  210  O jazz e depois  Work 210-216 
  216  As folhas novas mudam de côr  Work 216-218 
  218  [sem título]  Work 218-219 
  221  António Pinho Vargas entre o jazz e o minimal  Work 221-222 
  222  A bigamia harmoniosa  Work 222-228 
  228  [sem título]  Work 228-233 
  235  Reflexões de um compositor.  Work 235-238 
  239  Tive imensa dificuldade em inventar a minha própria história  Work 239-246 
  247  Contemporaneamente Livre  Work 247-251 
  251  O sentimento de um ocidental  Work 251-260 
  260  [sem título]  Work 260-266 
  267  A invenção da ópera  Work 267-270 
  270  O prazer de criar  Work 270-277 
  278  [sem título]  Work 278-291 
  291  Revolução na ópera  Work 291-294 
  294  [sem título]  Work 294-299 
  299  Uma Revolução na Música  Work 299-307 
  307  Revolutionary Times  Work 307-308 
  308  [sem título]  Work 308-316 
  317  "Há muitas ideias feitas que é preciso desmontar"  Work 317-320 
  321  [sem título]  Work 321-329 
  333  30 Histórias  Work 333-347 
  348  Tentativa de autodescrição lúcida  Work 348-349