actividades dos compositores editados pelo MIC​.​PT

Entre meados de Abril e inícios de Maio de 2019, João Castro Pinto fará uma tournée pela Europa de Leste – Rússia e Estó-nia. Primeiramente, o compositor dará dois concertos (um a solo – dia 19 –, e outro colaborativo – dia 20), no âmbito do festival Poetronica em Moscovo, evento que promove criações nas áreas da arte sonora, da vídeo arte e da poesia contemporânea. Ainda no dia 19, João Castro Pinto dará uma conferência centrada no seu trabalho, em par-ticular, na temática das paisagens sonoras / soundscape composition. O concerto colaborativo a 20 de Abril contará com a presença de vários artistas sonoros, vídeo artistas e poetas. A 26 de Abril João Castro Pinto rumará a São Petersburgo, onde fará um espectáculo a solo no Museu do Som (série Noiseroom). O quarto concerto da digressão deste compositor editado pelo MIC.PT decorrerá no âmbito da série Helikoosolek, a 1 de Maio em Tartu na Estónia, ocasião em que João Castro Pinto também apresentará uma palestra sumária sobre o seu trabalho. O concerto que finaliza a digressão integrará o World Music Days 2019 em Tallinn. Obsidia – dos sons invisíveis ou das imagens audíveis (2017) é o título da obra acusmática que será espacializada pelo compositor em concerto a 5 de Maio.

Na segunda metade de Março foi lançado o novo disco Chamber Music I de Hugo Vasco Reis, em que este compositor editado pelo MIC.PT se apresenta também como produtor. Este trabalho, apoiado pela DGArtes e Antena 2, foi gravado na Escola Superior de Música de Lisboa, Casa da Música e Lisboa Incomum, e contém cinco peças da sua autoria: O horizonte de uma Borboleta (2015), Enigmatic Icon (2016), From Where the Wind Blows (2017), Transparent(e) (2017) e Rizoma (2018). Em Abril, duas peças da série Metamorphosis and Reso-nances de Hugo Vasco Reis serão apresentadas em con-certo no início e no fim do mês – nos dias 6 e 7 o clari-netista Diogo Mendes interpretará a peça ... for Bass Clarinet Solo (2017), respectivamente, no Conservatório Regional de Setúbal e na Universidade de Évora; e a peça ... for Cello Solo (2016) está incluída no programa do Recital Antena 2 no O'culto da Ajuda em Lisboa, pelo violoncelista Filipe Quaresma (dia 30, com transmissão radiofónica ao vivo). Adicionalmente, este mês Hugo Vasco Reis realizará duas masterclasses – no Conservatório de Música de Seia (dia 27) e na Academia de Artes de Chaves (dia 28) – onde apresentará a sua reflexão sobre a criação das peças incluídas no CD Chamber Music I.

A obra para piano a quatro mãos de Paulo Bastossou já do que fui (2019) – está incluída no programa do concerto pelo Duo Jost Costa, que irá decorrer no próximo dia 13 de Abril na Casa de Portugal – André de Gouveia em Paris (Cité Internationale Univer-sitaire de Paris). Esta peça, cujo tema unificador é a iden-tidade numa perspectiva individual e cujo título tem origem numa écloga de Luís de Camões, foi estreada no passado mês de Março em Itália, por este Duo constituído pelos pianistas: Yseult Jost e Domingos Costa. Na sua produção musical Paulo Bastos – compositor editado pelo MIC.PT – foca-se na música de câmara e infanto-juvenil, não obstan-te o seu catálogo de obras inclui um número significativo de peças orquestrais, para instrumento solo e electrónica.

Baseada em excertos de poesia de e. e. cummings, Courage... to follow the way (2013) para orquestra de sopros, coro misto e quatro solistas (dois sopranos, tenor e baixo) é a obra de Daniel Davis – compositor editado pelo MIC.PT – que está incluída no programa do concerto que irá decorrer na ESML – Escola Superior de Música de Lisboa, nos próximos dias 5 e 6 de Abril. Nomeada como Melhor Trabalho de Música Erudita pela Sociedade Portuguesa de Autores, e estreada na ESML em 2015, este mês Courage...to follow the way volta ao palco para ser tocada novamente pela Orquestra de Sopros e o Coro Sinfónico da Escola Superior de Música de Lisboa, com Alberto Roque (direcção da orquestra) e Paulo Lourenço (direcção coral).

Jaime Reis é um dos com-positores convidados para a 5.ª edição do Monaco Electroacoustique, festival bienal organizado pela Académie Rainier III, com a direcção artística de Mario Mary, que decorre entre os dias 18 e 20 de Abril em Monte Carlo. Neste contexto, no dia 19 no Théâtre des Variétés, será apresentada a obra electroacústica Fluxus, pas trop haut dans le ciel (2017) de Jaime Reis. Adicionalmente, este compositor editado pelo MIC.PT será acompanhado por sete jovens compositores
e instrumentistas da Escola Superior de Música de Lisboa e da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco, que no dia 20 na Académie Rainier III, irão apresentar novas obras em estreia compostas para a presente ocasião. Também na segunda metade do mês, entre os dias 22 e 28, Jaime Reis continuará a sua residência no ZKM – Center for Art and Media Karlsruhe (Alemanha), no âmbito da qual está a compor uma nova obra para o quarteto de guitarras Aleph. No início de Abril, no dia 8, o compositor participará no colóquio A música dos instrumentos – experimentação e inovação na escrita do século XX, organizado no Departamento de Música da Universidade do Minho em Braga.

Entre os dias 18 e 20 de Abril João Pedro Oliveira, juntamente com Daniel Teruggi e Annette Vande Gorne, é convidado de honra na 5.ª edição do Festival Monaco Electroacoustique. Neste contexto serão apresentadas três obras audiovisuais deste compositor editado pelo MIC.PT: Tesseract (2017), Petals (2016) e a estreia de Things I Have Seen in My Dreams (2019). No fim do mês João Pedro Oliveira parti-cipará também no Festival Internacional de Música da Primavera de Viseu, onde no dia 24 o Duo Sigma (Ana Cláudia Assis – piano; Miguel Rocha – violoncelo) apre-sentará um programa que incluirá três obras do com-positor, no contexto do seu 60.º aniversário: Mosaic (2010), Enigma (2018) e a estreia de Singularity (2019). Adicio-nalmente, este mês João Pedro Oliveira dará uma master-class de composição inserida na Bienal de Música Con-temporânea de Zagreb (dias 7-12), e a sua música está incluída nos programas dos seguintes eventos: VII Ciclo de Música Contemporánea de Lugo MIHLSons-XXI (dias 2
e 11; Derivative I, Vox Sum Vitae); VivaMúsica no Belo Horizonte (dia 9; A Escada Estreita); e VIII Semana da Danza de Lugo (dia 26; Vox Sum Vitae).

A obra Memorandum of understanding... (2014) para ensemble instru-mental (flauta, clarinete, piano, violino e violoncelo) de Nuno Figueiredo está incluída no programa dos concertos da digressão na Eslo-váquia da Camerata Nov'Arte, que decorrerão entre os dias 12 e 16 de Abril (Rádio Estatal Eslovaca, Bratislava; Sinagoga, Levice; Zvolen). Este repertório que será dirigido por Luís Carvalho, director artístico da Camerata Nov'Arte, está inteiramente constituído por obras de compositores portugueses, incluíndo ainda: António Chagas Rosa, Fernando C. Lapa, Luís Carvalho e Sérgio Azevedo. Actualmente, Nuno Figueiredo reside na Eslováquia, onde exerce funções de docência como professor de composição, música de câ-mara e música por computador. Com a obra Memorandum of understanding... este compositor editado pelo MIC.PT venceu o 1.º Concurso Internacional de Composição GMCL / Jorge Peixinho em 2014.

Canções do outro lado da rua (2017) para orquestra de guitarras e bandolins e In nomine – para um ma-nifesto contra a violência (1996) para flauta, cla-rinete, violino, violoncelo e piano, são as duas obras de Fernando C. Lapa que serão apresentadas durante vários espectáculos no mês de Abril. A primeira obra está inclu-ída nos concertos da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins sob a direcção de Hélder Magalhães – no dia 7 na Escola Dramática de Valbom em Gondomar e no con-texto da digressão da Orquestra na Europa, entre os dias 12 e 15 de Abril (Luxemburgo, Bélgica, Holanda, Alema-nha e França). A segunda peça deste compositor editado pelo MIC.PT faz parte do repertório da Camerata Nov'Arte, dirigida por Luís Carvalho, no âmbito da digressão deste Ensemble na Eslováquia, com concertos entre os dias 12, e 16 de Abril. O primeiro espectáculo decorrerá na Rádio Estatal Eslovaca em Bratislava e terá transmissão radio-fónica em directo.

Nos dias 10 e 11 de Abril José Mesquita Lopes – compositor editado pelo MIC.PT – irá dar uma masterclass e aulas de técnica para guitarristas, no contexto da 2.ª Masterclass organizada na Escola de Música Luís António Maldonado Rodrigues em Torres Vedras. Premiado em vários concur-sos de composição e guitarra nacionais e internacionais, José Mesquita Lopes tem no seu catálogo obras para instrumentos solistas, música de câmara vocal e in-strumental, orquestral, concertante, para bailado infantil e electroacústica, tendo várias delas sido tocadas e grava-das por artistas de renome. Presentemente, este com-positor e guitarrista é professor no Conservatório de Artes do Orfeão de Leiria e no Conservatório de Música D. Dinis de Odivelas.

No dia 1 de Abril Ricardo Matosinhos – compositor editado pelo MIC.PT – faz uma palestra no âmbito do 4.º Flautué – Festival de Flauta Transversal, sobre as oito obras que escreveu para flauta. Este conjunto de peças abarca diferentes formações, desde solo a grupos de câmara e grande ensemble. A decorrer entre os dias 1 e 3 de Abril e organizado pelo Departamento de Música da Escola de Artes da Universidade de Évora, o 4.º Flautué – master-classes, workshops, palestras e concertos – leva a Évora alguns dos mais prestigiados músicos internacionais: Christian Studler, Monika Streitová, Istvan Matuz, Khatarine Rawdon e Francisco Barbosa. No dia 3 Jean-Sébastien Béreau dirigirá o Flautué Ensemble a tocar um programa com obras de Mozart e Ricardo Matosinhos.

A obra Moment à l’extremement (2006) para violoncelo e electrónica de Miguel Azguime, está incluída no programa de mais um Recital Antena 2 no O'culto da Ajuda em Lisboa, esta vez com a partici-pação do violoncelista Filipe Quaresma. Encomendada pelo Collectif éOle e estreada em 2006 por Juliane Trémoulet (violoncelo) e Miguel Azguime (electrónica) no Théâtre National de Toulouse no contexto do Festival Mira, "a composição desta peça, como em toda a minha música" – diz este compositor editado pelo MIC.PT na nota de programa – "assenta numa escuta e entendimento espectral do fenómeno sonoro, e tem em conta proprie-dades acústicas do instrumento musical, que é o objecto de investigação que conduz todavia à especulação abstracta da criação composicional".

…winterlich ruhende Erde… (2000) para violoncelo solo é a peça de Luís Antunes Pena – compositor editado pelo MIC.PT – que será apresentada por Thomas Piel no a 9 de Abril em Lugo (Espanha), no âmbito do VII Ciclo de Música Contemporánea de Lugo MIHLSons-XXI, organizado pelo Ensemble Vertixe Sonora. O título da peça é uma citação do romance Doutor Fausto de Thomas Mann. "Nesta obra há dois tipos de processos: num extremo encontram-se os que o ouvinte acompanha a evolução como uma mudança gradual de um estado para outro – o processo dramático; noutro extremo, os que, devido à dilatação do processo no tempo, não são percebidos desta forma, mas sim como «quase regulares» (i.e., sem alteração) – o processo or-gânico" – revela Luís Antunes Pena na nota de programa.

Your Trash (2016) para percussão, electrónica e vídeo é a peça de Igor C. Silva que será apresen-tada pelo percussionista Noé Rodrigo no próximo dia 30 de Abril em Lugo (Espanha), no âmbito do VII Ciclo de Música Contemporánea de Lugo MIHLSons-XXI organizado pelo Ensemble Vertixe Sonora. Outra peça deste compositor editado pelo MIC.PT – Frames #87 (2011) para clarinete, electrónica em tempo real e vídeo – está incluída no programa do recital pelo clarinetista Diogo Mendes, no contexto do II Encontro de Clarinete da Universidade de Évora.

Enrique X. Macías: Material – Rizoma é o título do concerto-conferênica dedicado a este compositor editado pelo MIC.PT, que irá decorrer no próximo dia 23 de Abril no contexto do  VII Ciclo de Música Contemporánea de Lugo MIHLSons-XXI em Lugo em Espanha. Este evento conta com a par-ticipação de Paco Yáñez (conferencista) assim como de David Durán (piano) e Ángel Faraldo (electrónica) – músicos do Ensemble Vertixe Sonora, que irão interpretar a obra Cadencias e Interludios / Percurso I (1992) de Enrique X. Macías.
FIMPV · Viseu

Com a direcção artística de José Carlos Sousa – compositor editado pelo MIC.PT – o Festival Inter-nacional de Música da Primavera volta para a cidade de Viseu na sua 12.ª edição, que decorrerá entre os dias 5 e 27 de Abril. O programa do evento engloba um concurso internacional de piano, masterclasses e concer-tos pedagógicos e dezenas de espectáculos de música antiga e contemporânea, muitos dos quais na sua progra-mação incluem obras de compositores e compositoras portuguesas: Ana de Ataíde Magalhães, Ana Seara, Armando José Fernandes, Christopher Bochmann, Clotilde Rosa, Isabel Soveral, João Pedro Oliveira, João Quinteiro, Jorge Peixinho, José Carlos Sousa, Luís Tinoco, Pedro Amaral e Rui Rodrigues, entre vários outros. Como expli-cam os organizadores do Festival: "Procuramos trazer à cidade músicos de reconhecido valor mundial. Formação, criação, sensibilização e fruição musical são os principais pilares desta nossa festa da música."
Recital Antena 2 O'culto da Ajuda

No próximo dia 30 de Abril, no O'culto da Ajuda em Lisboa, irá decorrer mais um Recital no contexto do ciclo organizado pela Miso Music Portugal em colaboração com a Antena 2, no âmbito do qual músicos portugueses incon-tornáveis interpretam obras de referência, lado a lado com a música de compositores portugueses da actualidade, apresentado também os instrumentos acústicos em combinação com as transformações electrónicas. Esta vez o intérprete em destaque é o violoncelista Filipe Quaresma, que apresentará duas obras dos compositores editados pelo MIC.PT – Metamorphosis and Resonances (2016)
de Hugo Vasco Reis e Moment à l’extremement (2006) de Miguel Azguime. O programa deste concerto, que terá a transmissão directa na Antena 2, inclui também obras dos compositores polacos, Witold Lutosławski e Krzysztof Penderecki, e ainda uma peça do compositor americano George Crumb.
Música em primeira mão

Música em primeira mão (2) é o título dos concertos pelo GMCL – Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, sob a direcção de Christopher Bochmann, que irão decorrer nos dias 13 e 17 de Abril, respectivamente, no Auditório do Conservatório D. Dinis em Odivelas e no Museu Nacional Grão Vasco em Viseu no contexto do Festival Internacional de Música da Primavera. O programa destes espectáculos inclui a estreia absoluta da peça Sur l’Amour (trois poèmes sur l’amour) de Ana Seara (encomenda pelo GMCL), e quatro obras dos compositores editados pelo MIC.PT: a estreia absoluta de Otniribal de José Carlos Sousa (encomenda pelo GMCL), Lalula de Christopher Bochmann (encomenda pelo GMCL), Llanto por Mariana de Jorge Peixinho, Recondita Armonia II de Clotilde Rosa e ainda Etude II – sur les colorations de Pedro Amaral (encomenda pelo GMCL).
composição e espacialização

Estão abertas, até ao dia 30 de Junho, as inscri-ções para o Curso Inten-sivo de Composição e Espacialização Electro-acústica, que decorrerá entre os dias 22 a 26 de Julho no O'culto da Ajuda em Lisboa e que será conduzido pelos três compositores editados pelo MIC.PT: António Ferreira, António de Sousa Dias e Miguel Azguime. Este curso é uma proposta que beneficia de uma vasta experiência, de pluralismo estético e dos recursos logísticos / técnicos disponíveis no O’culto da Ajuda, onde está instalada per-manentemente uma Orquestra de Altifalantes de 40 elementos. Este instrumento de difusão sonora propor-ciona aos alunos deste curso condições de excelência para a prática da composição musical a abordar. O curso terá um número máximo de 12 participantes, sendo que no final haverá um concerto com os trabalhos desenvolvidos pelos alunos.
ENCAPE 2019 – CHAMADA DE TRABALHOS

O Conservatório de Música de Coimbra (CMC), o Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md) e a Universidade de Aveiro (UA) realizam em Coimbra, nos dias 26 e 27 de Junho, o ENCAPE 2019 – Encontro Nacional de Com-posição e Análise Musical: Perspectivas Educacionais. Esta iniciativa, organizada pelos dois compositores editados pelo MIC.PT – Sara Carvalho e David Miguel –, tem como objectivo principal reunir diferentes intervenientes (professores, investigadores e outros interessados) para debater, desenvolver ideias e disseminar investigação do ensino da música nas áreas da Composição e da Análise Musical. Adicionalmente,  pretende-se transversalidade temática e incentivo ao diálogo entre as diferentes áreas do ensino artístico. Neste sentido a organização do ENCAPE 2019 convida à submissão de comunicações em português, sobretudo de propostas integradas nas temáticas do Encontro. O prazo para a submissão de resumos é o dia 7 de Abril. Está também já disponível o programa preliminar do ENCAPE 2019, durante o qual os keynotes serão os dois compositores editados pelo MIC.PT: Christopher Bochmann e Daniel Moreira.
XIII SÍNTESE – CICLO DE MÚSICA CONTEMPORÂNEA DA GUARDA

O XIII Síntese – Ciclo de Música Contemporânea da Guarda vai inaugurar já em Abril, nos dias 10 e 11, com workshops – Introdução às técnicas contemporâneas – orientados por Carlos Canhoto e Rogério Peixinho no Conservatório Regional de Castelo Branco. Também este mês, no dia 29, o Teatro Municipal da Guarda vai acolher os ensaios abertos do Síntese – Grupo de Música Contemporânea, destinados a alunos do ensino regular dos agrupamentos de escolas da cidade da Guarda. O objectivo dos ensaios é aproximá-los da música contemporânea, possibilitando-lhes um contacto directo com a construção de uma das obras cuja estreia ocorrerá a 3 de Maio, no âmbito do Ciclo Síntese. As obras em estreia são da autorias dos três compositores editados pelo MIC.PT: Ângela Lopes (Dargua – de Poemas Helénicos), Hugo Vasco Reis (Some Lines Mixing a Color), Pedro Rebelo (Ambos); e ainda de Edward Luiz Ayres d'Abreu (Duas Mulheres).
 
MÚSICA HOJE NA ANTENA 2
5 / 04, à 1h00 da madrugada
Na 1.ª Pessoa: Nuno Peixoto
de Pinho

Continua o ciclo Na 1.ª Pessoa, uma série de entrevistas com compo-sitores portugueses da actualidade, à conversa com Pedro Boléo para nos revelarem vários aspectos do seu universo sonoro e musical. O entrevistado é nesta ocasião Nuno Peixoto de Pinho, compositor nascido em 1980. A actividade de Nuno Peixoto de Pinho enquanto compositor abraça múltiplos géneros e formatos, da música orquestral à música de câmara, passando pela música vocal e para ensemble. Repertório que revela uma especial dedicação à música pré-existente, a partir da qual o compositor produz trans-formações e com a qual estabelece diálogos. Algumas das suas obras têm sido premiadas em concursos inter-nacionais. É também professor na área da composição.
19 / 04, à 1h00 da madrugada
Na 1.ª Pessoa: Christopher Bochmann

O Música Hoje prossegue este alargado ciclo dedicado à com-posição actual em Portugal intitulado Na 1.ª Pessoa, com entrevistas a compositores portugueses da actualidade realizadas por Pedro Boléo, descobrindo vários aspectos do seu universo criativo, com tempo para escuta de música dos próprios criadores. Neste programa entrevistamos o compositor Christopher Bochmann residente há quase quarenta anos em Portugal, que nos conta o seu rico percurso enquanto compositor, professor e maestro, ao mesmo tempo que conversamos sobre questões de história e estética musical, da sua visão da música e dos caminhos actuais da composição.
Novas Partituras no MIC​.​PT
A edição de partituras pelo MIC.PT tem como alvo a distribuição de par-tituras de obras de compositores portugueses, fomentando a sua es-colha por parte de músicos e o seu estudo no meio académico.

Amílcar Vasques-Dias (AVDias0012)
Bailações sob a Olaia (2017) · saxofone alto
Ângela da Ponte (APon0003)
Divertimento for violin solo (2017) · violino
Ângela da Ponte (APon0004)
Divertimento for violoncello solo (2017) · violoncelo
Miguel Azguime (MA0025)
De l'Étant qui le Nie (1998) · piano e electrónica
Miguel Azguime (MA0028)
ConCordas (2015) · 13 cordas solistas
Miguel Azguime (MA0029)
Descriptions de la Matière (2015-16) · piano e electrónica
Miguel Azguime (MA0035)
Trabalhos da Madeira (2016-18) · marimba e electrónica
EDIçÕES DIGITAIS MIC​.​PT
Álvaro Salazar · Dossier n.º 21 (PT)

Este mês de Abril, no contexto da série dos Dossiers . Compositores Portugueses dos séculos XX e XXI, editamos e disponibilizamos on-line uma nova publicação – a versão portuguesa do Dossier n.º 21 dedicado a Álvaro Salazar.

estreias recentes
Llaços, Contradanças e Descantes
versão para quarteto de cordas e soprano
2 / 03, Festival CriaSons, Casa Municipal da Cultura, Seia
Angélica Neto · soprano
Quarteto Lopes-Graça
Luís Pacheco Cunha e Maria José Laginha · violinos
Isabel Pimentel · violeta
Catherine Strynckx · violoncelo
In Illo Tempore
versão para quarteto de cordas e soprano
2 / 03, Festival CriaSons, Casa Municipal da Cultura, Seia
Angélica Neto · soprano
Quarteto Lopes-Graça
Luís Pacheco Cunha e Maria José Laginha · violinos
Isabel Pimentel · violeta
Catherine Strynckx · violoncelo
Miguel Jesus
Elogio da Morte
2 / 03, Festival CriaSons, Casa Municipal da Cultura, Seia
Angélica Neto · soprano
Quarteto Lopes-Graça
tracking reality #1
4 / 03, Festival DME, Casa Municipal da Cultura, Seia
Nadar Ensemble
sou já do que fui
8 / 03, Festival Camino de Genere, Itália
Duo Jost Costa (Yseult Jost e Domingos Costa) · piano a 4 mãos
Pedro F. Finisterra
La vojaĝo
8 / 03, Noosa ISAM, Noosa Arts Theatre, Austrália
Ensemble Offspring
Macrophylla IV
15 / 03, Reencontros de Música Contemporânea 2019, Aveiro
NMpNM – Nova Música para Novos Músicos
estudantes de academias e conservatórios de Portugal
+
16 / 03, Echoraum, Viena, Áustria
Platypus Ensemble
Macrophylla V
17 / 03, Reencontros de Música Contemporânea 2019, Aveiro
NMpNM – Nova Música para Novos Músicos
estudantes de academias e conservatórios de Portugal
Dinis Sousa · direcção musical
LILT
17 / 03, Reencontros de Música Contemporânea 2019, Aveiro
NMpNM – Nova Música para Novos Músicos
estudantes de academias e conservatórios de Portugal
Dinis Sousa · direcção musical
Epitaph
17 / 03, Reencontros de Música Contemporânea 2019, Aveiro
NMpNM – Nova Música para Novos Músicos
estudantes de academias e conservatórios de Portugal
Dinis Sousa · direcção musical
poemas sem nome
22 / 03, Prémio Musa, Teatro Tivoli BBVA, Lisboa
Matilde Campilho · recitação
Ensemble MPMP
Clara Alcobia Coelho · direcção musical
Miguel Jesus
Tríptico Nocturno
22 / 03, Prémio Musa, Teatro Tivoli BBVA, Lisboa
Matilde Campilho · recitação
Ensemble MPMP
Clara Alcobia Coelho · direcção musical
Du reste, un fil de sable
22 / 03, O'culto da Ajuda, Lisboa
Travelling
23 / 03, Reencontros de Música Contemporânea 2019, Aveiro
Jovens Músicos AnT 2019
Rita Miragaia e Matilde Freiria · guitarras
A Arca do Poeta
23 / 03, Reencontros de Música Contemporânea 2019, Aveiro
Orquestra das Beiras e Coro do CMACG
Dinis Sousa · direcção musical
Ângela Alves e João Carlos Soares · direcção coral
Sinfonia (subjetiva)
24 / 03, Centro Cultural de Belém, Lisboa
Uma flauta para Turim
26 / 03, O'culto da Ajuda, Lisboa
Sílvia Cancela · flauta
Luís Neto da Costa
Orgias do Agora
26 / 03, Casa da Música, Porto
Henrique Portovedo · saxofone e electrónica
Et s’il à l’issue
26 / 03, O'culto da Ajuda, Lisboa
Sílvia Cancela · flauta
Erso
26 / 03, O'culto da Ajuda, Lisboa
Sílvia Cancela · flauta
Daniel Amaro
Do Outro Lado do Espelho
31 / 03, Casa da Música, Porto
Banda Sinfónica Portuguesa
José Eduardo Gomes · direcção musical
Nocturnos Americanos
31 / 03, Casa da Música, Porto
Banda Sinfónica Portuguesa
José Eduardo Gomes · direcção musical
Novidades MIC​.​PT
Eliseu Silva · Nova Página de Intérprete no MIC.PT

No passado mês de Março o MIC.PT activou uma nova Página de Intérprete dedicada a Eliseu Silva, maestro, violinista, pedagogo e compositor. Presentemente, o músico exerce a docência no Curso de Música Silva Monteiro, sendo também Maestro Residente da Orquestra Juvenil do Porto de Bonjóia. Enquanto violinista Eliseu Silva tem dado recitais e concertos como solista e em música de câmara, tendo tocado com várias orquestras portuguesas e chinesas dirigidas por maestros conceituados do mundo inteiro: Anna Wirtsbuch, Colin Touchin, Julius Mickalsky, António Saiote e Cesário Costa, entre outros. Foi também vencedor de vários prémios em concursos nacionais e internacionais de violino, entre os quais: Concurso Internacional de Violino de Malta, Concurso Yamaha Music Foundation of Europe, Prémio Jovens Músicos – Antena 2, Concursos Internacionais de Violino Júlio Cardona e Concurso Internacional de Interpretação do Estoril. Eliseu Silva fez várias gravações para a Rádio Portuguesa – Antena 2, para a Deutsche Grammophon e Munich Re Group. Actualmente, o violinista finaliza um projecto de Doutoramento na Universidade de Évora em Musicologia – Desempenho e Interpretação, em parceria com a Universidade do Porto.
Actualidade
Música Viva 2019 – Masterclasses de Composição Electroacústica com Gilles Gobeil e Trevor Wishart

Estão abertas, até ao dia 30 de Abril, as inscrições para as Masterclasses de Composição Electroacústica que irão decorrer no âmbito do Festival Música Viva 2019 (24 de Maio – 1 de Junho, O'culto da Ajuda em Lisboa). A primeira Masterclass, nos dias 25 e 26 de Maio, será conduzida pelo compositor canadiano Gilles Gobeil; a segunda, com a tutoria do compositor inglês Trevor Wishart, terá lugar nos dias 27 e 28 de Maio. Para cada das Masterclasses será aceite o número máximo de 12 alunos. Esta é uma oportunidade única de explorar os segredos da Composição Musical Electroacústica com os titãs deste género ao nível mundial.
Prémio Autores 2019 · SPA

A ópera Canção do Bandido de Nuno Côrte-Real (música) e Pedro Mexia (libreto) ganhou o Prémio Autores 2019 da SPA – Sociedade Portuguesa de Autores na categoria Melhor Trabalho de Música Erudita. Os outros nomeados na mesma categoria foram: Hugo Vasco Reis (compositor editado pelo MIC.PT) pelo trabalho discográfico O Espaço da Sombra e António Pinho Vargas (compositor editado pelo MIC.PT) pela obra Memorial. Estreada no dia 8 de Novembro do ano passado no Teatro da Trindade em Lisboa, Canção do Bandido é uma ópera cómica inspirada na história popular do Macaco de Rabo Cortado, que imagina uma personagem que não é um macaco, mas sim um advogado, um Casanova dos tempos modernos...
Agenda Catálogo de Partituras MIC.PT Espaço Crítica para a Nova Música MIC.PT EN MISOMUSIC.COM MIC.PT Twitter IAMIC Facebook