Compositores

Foto
Obras
Entrevista
Bibliografia
Partituras
Discografia
Áudio
Imagens
Vídeos
Multimédia
Programa Rádio
Programa Televisão
Outros
Dados de intérprete
DIOGO DA COSTA FERREIRA nasceu em Lisboa, porém foi no oeste português que cresceu e fez os seus estudos primários. Iniciou os seus estudos musicais no Conservatório de Música D. Dinis, tendo frequentado o Curso Básico de Trombone e o Curso Secundário de Formação Musical. Foi Solista e Chefe de Naipe da Orquestra Sinfónica Juvenil. Estudou Direcção de Orquestra com Roberto Pérez, Jean-Sébastien Béreau e Ernst Schelle. Paralelamente, estudou composição com Carlos Marecos durante quatro anos. O seu catálogo, enquanto compositor, inclui música orquestral, de câmara e para instrumentos solistas, assim como música para teatro. Estudou Composição na Escola Superior de Música de Lisboa, sob a orientação de João Madureira e de Carlos Caires. Simultaneamente aos seus estudos musicais, estudou Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, especializado-se em Filosofia da Arte e Estética. Da sua investigação resultaram vários ensaios sobre Filosofia da Arte («Artista, sociedade e espectador», «Arte: a via redentora», «O formalismo musical», «A interpretação musical como obra de arte singular», «Meta-arte, hermenêutica e afins: a heterodoxia conceptual como verdade e salvação»), Filosofia Política («A construção da cidadania», «O Estado da ignorância: de Platão a Rawls», «Utopia e Realidade»), Filosofia do Sentido («Existência: Sartre e o Ser», «Apologia da morte», «Amor: a catarse imprescindível») e Ética («Sentido e Acção», «Submissão e Intento», «Crença: a lei da consciência»). Escritor, publicou «Sem Mundo», «Lisboa insurgente», «À procura da palavra – poema em três actos», «excelso amor perpétuo» e «se fosse um pássaro». É Sócio Efectivo da Associação Portuguesa de Escritores. Actualmente, dedica-se à escrita, à composição e ao ensino.